MUDAR TAMANHO DA LETRA Diminuir Fonte Aumentar Fonte Voltar Voltar Imprimir Imprimir E-mail E-mail PDFPDF DownloadDownloads Compartilhar Compartilhar

Código de Conduta

BERRY Plastics
 
Mensagem de Jon Rich
 
29 de julho de 2015.
 
Caro funcionário:
 
Tenho o prazer em apresentar a versão atualizada do Código de Ética Negocial (Code of Business Ethics) da Berry Plastics. Este Código é o pilar de nosso Programa de Ética, tendo sido desenvolvido para auxiliá-lo a entender e cooperar com os padrões éticos e de conduta negocial que a Empresa espera de seus funcionários, executivos e diretores.
 
É importante que você dedique um tempo para ler e compreender completamente este Código. A Berry o elaborou como parte de seu compromisso em conduzir seus negócios respeitando os mais altos padrões éticos, morais e legais, e também como forma de garantir que a Empresa incentive um ambiente de trabalho respeitoso e livre de todas as formas de discriminação e assédio. Deste modo, o respeito ao Código de Ética é responsabilidade de todos os funcionários de Berry e é, de fato, uma condição de empregabilidade. Se você tiver alguma dúvida sobre qualquer tema tratado pelo Código, por favor busque esclarecimentos com seu supervisor imediato, diretor de departamento, representante local de Recursos Humanos ou com o Coordenador de Compliance da Empresa.
 
Violações ao Código de Ética poderão expor você e a Empresa a uma ação criminal. Violações ao Código poderão resultar em medidas disciplinares, culminando até mesmo em demissão. Todos os funcionários são responsáveis por denunciar qualquer suspeita ou efetiva violação ao Código. Como as regras de delação variam ao redor do mundo, por favor consulte o representante de Recursos Humanos local sobre os padrões aplicáveis à sua localidade e conforme previsto nestas normas.
 
Eu sei que todos valorizamos a cultura positiva da Berry e peço que continuemos a operar de forma a reforçar este Código, mantendo um ambiente de trabalho justo, seguro e agradável. Muito obrigado desde já por sua constante.
 














Introdução ao nosso código


O papel da ética e Compliance

 

O propósito do Programa de Ética e Compliance (“Programa”) da Empresa é implementar um programa que treine e enfatize a proficiência profissional de nossos funcionários, no sentido de instigar uma cultura corporativa de comportamento ético, evitando assim ações de agências reguladoras, penalidades civis ou sanções criminais. O Código de Ética é a base deste Programa.

Cada membro do conselho de administração, executivo, diretor e funcionário é responsável e encarregado de exercer suas funções de acordo com as leis e regulamentos aplicáveis a este Programa.

Para obter mais informações sobre este Programa, por favor consulte o respectivo documento localizado no site Oneberry de Ética Corporativa e Compliance (http://oneberrysites/CEC).

Valores e Princípios Orientadores

 

Integridade
Confiança e responsabilidade em todos os aspectos do nosso negócio
 
Funcionários
Crença fundamental na importância de equilíbrio entre trabalho e pessoal
 
Clientes
Oferecer produtos e serviços que gerem valor de forma consistente
 
Respeito
Cuidar de nossos funcionários, parceiros de negócios e meio ambiente
 
Excelência 
Compromisso com a segurança, qualidade, inovação, diversidade e desenvolvimento dos funcionários
 
Paixão
Intenso orgulho de nosso trabalho, cultura e sucesso da equipe 
 

    

 
 
 
A política da Berry Plastics Group, Inc. e suas subsidiárias (doravante denominadas conjuntamente como "Berry", "Berry Plastics" ou a "Empresa") é conduzir seus negócios de acordo com os mais altos padrões éticos, morais e legais, de forma eficiente, de boa-fé, diligente, e no melhor interesse da Berry, seus funcionários e acionistas. Cada membro da Diretoria, executivos e funcionários da Berry Plastics (coletivamente e de forma intercambiável referidos como "Funcionário") têm o dever primário de sempre atuar para manter estes padrões e de proceder com honestidade, integridade e justiça, sem conflito real ou aparente de interesses.
 
A política da Berry é cumprir com todas as leis e regulamentos aplicáveis, tanto federais, estaduais e locais, com as leis e regulamentos aplicáveis em quaisquer jurisdições estrangeiras onde a Empresa atue, bem como com as regras e exigências aplicáveis da Bolsa de Valores de Nova York, de forma a refletir um alto padrão ético. Se um Funcionário tiver dúvidas sobre a aplicação ou interpretação de uma lei ou regulamento, deve primeiro procurar a orientação de seu supervisor imediato ou do chefe de departamento e, após, da Comissão de Ética, que determinará se é necessário consultar o departamento jurídico da Empresa e/ou o Comitê de Auditoria.
 
O objetivo deste Código é estabelecer orientações de gestão para as políticas e procedimentos de operação da Berry Plastics. Nós encorajamos você a se familiarizar com as informações contidas neste Código e políticas relacionadas. Se surgirem questões que não possam ser respondidas nas páginas a seguir, não hesite em perguntar ao seu Supervisor, Diretor do departamento, Gerente de Recursos Humanos (RH) ou aos outros recursos mencionados no final deste documento.
 
 
 
O Código de Ética Negocial da Berry Plastics ("Código") não pretende ser exaustivo, nem abordar todas as situações possíveis que possam surgir, mas espera-se que todos os Funcionários, no desempenho das suas tarefas, atuem de uma forma consistente com os mais altos padrões éticos, morais e legais. Cooperar com todas as políticas da Empresa e do Código é responsabilidade de cada funcionário da Berry e é, de fato, uma condição de empregabilidade. É da responsabilidade de todos os Funcionários revisar regularmente os seus conhecimentos e compreensão deste Código, bem como defender estes padrões em sua conduta diária.
 
Todos os funcionários devem aceitar a responsabilidade de manter e reforçar a reputação de integridade e justiça da Berry Plastics em suas relações comerciais. Nas seções que seguem, princípios, definições e orientações estão definidos, sendo previstas as principais áreas de atenção.
 
Responsabilidades Adicionais de Liderança
 
Se você estiver em uma posição de liderança, espera-se que você também atenda as seguintes responsabilidades adicionais:
 
Liderar dando exemplo.
Ajudar a criar um ambiente de trabalho que se concentre na construção de relacionamentos, reconhecimento de esforço e valorização do respeito mútuo e comunicação aberta.
Ser um recurso para os Funcionários. Comunicar aos Funcionários sobre como o Código e as Políticas da Empresa se aplicam a seu trabalho diário.
Ser proativo. Buscar oportunidades para discutir situações éticas e desafiadoras com os Funcionários.
Criar um ambiente em que todos se sintam à vontade para perguntar e relatar possíveis violações ao Código e às políticas da Empresa.
Nunca solicitar ou pressionar alguém a fazer algo que você estaria proibido de fazer.
Q: Se eu reportar uma preocupação, terei problemas?
R: Não. Você não terá problemas por reportar preocupações sobre condutas inadequadas.
 
 
 
É ilegal?
Como você se sentirá com relação à decisão?
Como os outros se sentirão?
Como você se sentiria se o mundo soubesse desta decisão?
Faz sentido?
É justa?
A gerência aprovará?
Q: Meu diretor solicitou que eu faça algo que eu acredito que viola o Código. O que devo fazer?
R: Relate o incidente para algum outro membro da diretoria, recursos humanos, departamento jurídico, Coordenador de Compliance, Comitê de Ética ou ligue para a linha de alerta da Berry. Ninguém – nem mesmo o seu gerente – possui autoridade para solicitar que você faça algo ilegal ou antiético.
 
 
 
Para efeitos deste Código, os termos em letras maiúsculas terão os seguintes significados:
 
Comitê de Auditoria: significa o Comitê de Auditoria do Conselho de Administração da Berry Plastics Group, Inc.
Equipe da Berry Plastics: entende-se toda a força de trabalho da Empresa (incluindo funcionários, diretores, executivos e acionistas), bem como suas operações, subsidiárias e filiadas.
CEO: significa o diretor executivo da Berry Plastics Group, Inc.
Código: significa o Código de Ética Negocial
Pessoa Abrangida: significa todos os funcionários, diretores e membros da Diretoria da Empresa, bem como seus pais, cônjuges e filhos menores de idade e outras pessoas que vivem em seus lares; parcerias de investimento e outras entidades (como fundos de investimentos ou empresas) sobre as quais tais funcionários e diretores sejam votantes ou possuam controle de investimentos.
Comitê de Ética: significa o comitê nomeado pelo Conselho Fiscal com a responsabilidade de implementar e aplicar este Código.
Pessoa: qualquer empresa, corporação, parceria, sociedade de responsabilidade limitada, fundo e/ou outra forma de entidade, bem como indivíduos.
Transação Prospectiva: significa uma aquisição, operação de negócios em potencial ou investimento que a Berry foi, ou poderá ser, contemplada com relação de terceiros não afiliados.
 
 
 
http://berryplastics.alertline.com
 
Regras relacionadas a denúncias variam ao redor do mundo. Consulte o seu gerente de RH local para as normas aplicáveis em sua localização.
 
 
União Europeia (UE)
Em muitos países da UE, o sistema de denúncias deve ser utilizado somente para levantar preocupações associadas aos controles internos das áreas de finanças, contabilidade, serviços bancários e anticorrupção.
Não há nenhuma obrigação de relatar suspeita de conduta inadequada.
As denúncias não podem ser feitas de forma anônima.
 
 
Estados Unidos e em outros locais fora da UE
O sistema de denúncias pode ser usado para levantar qualquer preocupação relacionada a possíveis violações da lei ou do Código.
Os funcionários devem relatar suspeitas de condutas inadequadas.
As denúncias podem ser feitas de forma anônima.
 
 
Austrália: 1-800-135-356
Bélgica: 0-800-100-10; no prompt, disque 888-307-2815
Brasil: 0800-892-0583
Canadá: 1-888-307-2815
China: 4009994531
Alemanha: 0/800/225/5288; no prompt, disque 888-307-2815
Índia: 000-117; no prompt, disque 888-307-2815
Malásia: 1-800-81-7505
México: 001-855-593-8310
Holanda: 0800-022-9111; no prompt, disque 888-307-2815
Estados Unidos: 1-888-307-2815 
França (Somente Paris): 0-800-99-0111 
França: 0-800-99-1011, 1111, ou 1211
França (Desenvolvimento Telecom): 0-805-701-288; no prompt, disque 888-307-2815
 
 
 
Leis antitruste existem para preservar mercados livres e competitivos. A Berry incentiva um mercado aberto e, ao mesmo tempo em que competirá vigorosamente, também está comprometida em cooperar com as leis de livre concorrência, chamadas de leis antitruste, em todos os países em que faz negócios. Funcionários não poderão: (1) discutir ou firmar contrato – seja por escrito, oralmente ou de outra maneira – vinculado aos interesses da concorrência; (2) participar de contratos de compra e venda que restrinjam o preço de revenda de nossos compradores; ou (3) discriminar clientes no que se refere a preços, condições e serviços, quando estes estiverem adquirindo mercadorias similares no que tange à quantidade e/ou a condições. Todos os Funcionários deverão respeitar as leis de livre concorrência. Violações poderão resultar em graves danos à reputação da Empresa, assim como multas e penalidades civis e criminais tanto para a Empresa quanto para os seus Funcionários. Para informações adicionais, consulte a Política Antitruste da Empresa e seu Guia, disponível no site Oneberry de Ética Corporativa e Compliance (http://oneberrysites/cec/Policies/Anti-Trust%20Policy.11-5-14.pdf) ou contate o departamento jurídico.
 
Q: E se eu encontrar um concorrente em uma conferência e nós dois conversássemos sobre o que acreditamos ser um preço de mercado justo para um bem que ambos fornecemos? Nenhum de nós registrou nada por escrito. Isso seria uma preocupação antitruste?
R: Sim. É uma conversa que deve ser evitada. Você deve informar imediatamente ao departamento jurídico sobre esta conversa. “Concordar” inclui: entendimentos declarados ou implícitos, formais ou informais, orais ou por escrito.
 
 
 
 
Faz parte da política da Berry Plastics conduzir os seus negócios de acordo com os mais altos padrões éticos, morais e legais, de forma eficiente, diligente, de boa fé e no melhor interesse da Berry Plastics.
 
Neste sentido, toda a Equipe da Berry Plastics (incluindo os seus familiares diretos), bem como quaisquer terceiros agindo em nome desta, estão proibidos de prometer, oferecer, dar ou autorizar – de forma direta ou indireta – o pagamento de subornos ou quaisquer valores a ou de alguém, incluindo autoridades públicas, pessoas jurídicas ou funcionários de empresas, como forma de influenciar indevidamente qualquer ato/decisão destes no intuito de obter/manter negócios ou garantir uma vantagem negocial para a Berry Plastics. Esta política também proíbe a Equipe da Berry Plastics, e terceiros agindo em nome desta, de receber suborno em benefício da Berry Plastics.
 
 
 
Todos os Funcionários devem respeitar todas as leis, regras e regulamentos aplicáveis e que governem a condução de negócios da Berry. Em nenhuma circunstância uma conduta criminal realizada pela Berry ou por um Funcionário ou agente poderá ser considerada como dentro do escopo de seu trabalho ou autoridade. Como a distinção entre conduta criminal e uma possível infração a regra civil nem sempre é clara, se um Funcionário souber de qualquer ato ou atividade de outro Funcionário ou agente que viole, ou aparente violar, qualquer previsão do Código, este Funcionário é encorajado a denunciar a conduta. Denúncias podem ser feitas através de canais estabelecidos para este fim, ou através de procedimentos de denúncias anônimas descritos abaixo.
 
Se um Funcionário possuir quaisquer dúvidas sobre a adequação aos temas descritos neste Código, ou se estiver inseguro sobre “a coisa certa” a ser feita, deverá falar com seu supervisor, gerente, gerente de Recursos Humanos ou qualquer executivo da Berry. Se estas alternativas se mostrem inviáveis ou não atendam adequadamente a dúvida ou preocupação do Funcionário, este deverá entrar em contato com qualquer membro do Comitê de Ética para apresentar sua dúvida. As denúncias ao Comitê de Ética serão investigadas e, se verificada infração ao Código, serão tomadas medidas disciplinares apropriadas, inclusive término do contrato. Espera-se que os Funcionários sejam verdadeiros em suas reclamações e durante a participação nas investigações.
 
Se um Funcionário da União Europeia preferir o anonimato ao reportar suas preocupações, a Berry possui um procedimento de denúncia por meio de terceiro. Qualquer Funcionário pode fazer uma denúncia ao ligar para um dos números de alerta na página anterior ou através do site http://berryplastics.alertline.com.
 
Nenhuma medida ou retaliação será adotada contra qualquer Funcionário da Berry que denuncie uma infração ao Código que acredite ter sido realizada, ou que estivesse na iminência de ser, por outro Funcionário ou agente da Berry. Qualquer Funcionário da Berry que pratique (ou tente praticar) retaliação contra o Funcionário que realizou a denúncia da infração ao Código estará sujeito às medidas disciplinares apropriadas, inclusive término da relação empregatícia.
 
 
 
Os Funcionários da Berry Plastics possuem o dever de não se deixarem influenciar por qualquer interesse conflitante quando representarem a Berry. Espera-se que lidem com clientes, fornecedores, vendedores e todos os outros que fazem negócios com a Berry, objetivando o melhor interesse da Empresa, sem inclinações ou preferências baseadas em considerações pessoais. A Berry respeita o direito à privacidade de seus funcionários tanto no aspecto pessoal quanto financeiro. Porém, estes direitos precisam estar em equilíbrio com os interesses da Berry em manter sua reputação nos mais altos padrões de ética e conduta negocial. Espera-se que os Funcionários evitem situações em que seus assuntos pessoais e financeiros estejam, ou aparentem estar, em conflito com sua obrigação de sempre agir no melhor interesse da Berry, sem influência de considerações pessoais.
 
Exceto como descrito abaixo, um Funcionário não deverá ter interesse material ou financeiro, ser contratado por, realizar consultas com, atuar como diretor, ou possuir posto oficial equivalente, perante qualquer Pessoa que concorra com Berry ou lhe forneça produtos ou serviços, ou seja seu cliente, sem previamente compartilhar esta informação com o Comitê de Ética. Se requerido pelo Comitê de Ética, será necessária autorização do CEO da Berry para continuar tal relação, exceto se o Funcionário possuir menos que 5% das ações ordinárias ou outros títulos de uma companhia cujas ações estejam registradas sob a Lei de Comercialização de Ações Norte-Americana de 1934 (Securities Exchange Act de 1934). Caso não haja uma fonte alternativa razoável para os produtos ou serviços requisitados por Berry além da Pessoa com a qual um Funcionário da Berry tenha interesse pessoal ou financeiro, o superior deste Funcionário poderá autorizar a Berry a manter negócios com tal Pessoa sob bases competitivas, e deverá reportar ao Comitê de Ética as circunstâncias de tal autorização.
 
Se um Funcionário selecionar um fornecedor para a Berry que empregue um amigo, parente ou alguém com quem tal Funcionário tenha um relacionamento pessoal próximo e que seja substancialmente proprietário deste fornecimento ou que aufira benefício econômico direito pela transação, este Funcionário deverá informar ao Comitê de Ética da situação e deverá tomar cuidado extraordinário para garantir que a escolha tenha sido realizada sob critérios de qualidade, preço e serviço. Para evitar a aparência de favoritismo ou um conflito de interesses, sempre que possível, a responsabilidade pelos termos e condições da transação deverão ser delegados a outro Funcionário da Berry.
 
Q: Meu cônjuge trabalha no departamento de vendas de um dos fornecedores da Berry. Devo informar isso ao meu supervisor?
 
R: Sim, se você estiver numa posição que possa influenciar os negócios da Berry que serão direcionados a este fornecedor. Na maioria dos casos não serão necessárias medidas adicionais pelo Funcionário ou pela Empresa para evitar a aparência de conflito de interesses.
 
Executivos e Diretores não integrantes do conselho de administração estão proibidos de: (1) apropriar-se de oportunidades que pertenceriam à Empresa ou foram descobertas por meio do uso de sua propriedade, informação ou posição; ou (2) utilizarem a propriedade, informação ou posição da Empresa para ganhos pessoais. Funcionários estão obrigados a informar previamente seus legítimos interesses quando tais oportunidades surgirem.
 
 
 
A Berry leva a sério as obrigações referentes à privacidade e proteção de dados. Funcionários devem respeitar as informações confidenciais e propriedade intelectual de terceiros. Cada Funcionário possui uma obrigação de cumprir as políticas da Berry, obrigações contratuais e todas as leis de privacidade e proteção de dados aplicáveis. Informações somente deverão ser armazenadas para propósitos negociais legítimos e deverão ser protegidas. Informações adicionais sobre a Política de Privacidade de Dados da Berry em relação ao website da Berry poderão ser encontradas no link “Privacidade”, localizado na sessão de Políticas, próximo ao fim da página, em www.berryplastics.com.
 
 
 
Os Funcionários da Berry não devem poupar esforços para lidar de forma justa com os seus clientes, fornecedores, competidores e outros funcionários. Não devem ser concedidas vantagens indevidas a ninguém através de manipulação, dissimulação, abuso de informações privilegiadas, deturpação de atos ou qualquer prática de concorrência desleal.
 
 
 
Cada Funcionário deverá reportar a suspeita ou o conhecimento de (1) um negócio que venha a ser ou tenha sido concluído em nome da Berry por um Funcionário ou agente desta sem autorização geral ou específica da administração para este tipo de negócio, conforme especificado no sistema de controle contábil da Berry; (2) uma negociação que não tenha sido registrada nos livros e na contabilidade, de forma a impedir que as demonstrações financeiras da Berry sejam elaboradas dentro dos princípios contábeis aplicáveis e a impeça de prestar contas de seus ativos; (3) acesso aos ativos da Berry a um Funcionário ou agente desta sem autorização geral ou específica da gerência, conforme determinado nos controles internos de auditoria da Berry; ou (4) prestação de contas de certos ativos de Berry que não confere com os ativos existentes neste intervalo de tempo, como especificado nos controles de autoria da Berry, ou anotações adequadas não foram realizadas nos livros, registros e contabilidade da Berry, se tal comparação indicar diferenças.
 
Qualquer Funcionário deve denunciar a ocorrência ou a suspeita, em qualquer instância, de que a Berry, ou qualquer indivíduo agindo em nome desta, mantenha contas bancárias em seu favor, sob nome diferente, ou de conta corporativa cuja existência seja desconhecida aos responsáveis financeiros da Berry, ou não conste em seus livros e registros.
 
Funcionários deverão prestar informações completas e precisas em resposta a qualquer questionamento feito pela auditoria interna, contador ou representante dos auditores independentes a serviço da Berry, devendo fornecer todos os registros e documentos que solicitarem.
 
 
 
Presentes ofertados ou trocados entre funcionários de Empresas diferentes variam muito. Podem ser tanto novidades publicitárias de valor nominal amplamente distribuídas, que poderão ser ofertadas ou aceitas por Funcionários sob circunstâncias apropriadas ou até mesmo subornos, hipótese em que não podem ser ofertados ou aceitos de maneira nenhuma. Nenhum Funcionário ou familiar direto de Funcionário poderá solicitar ou aceitar de fornecedor, agência governamental ou qualquer outra organização algo (inclusive dinheiro ou presentes) que possa razoavelmente ser visto como gerador de influência nas relações negociais da Empresa. Presentes incluem não somente dinheiro e bens materiais, mas também serviços, prêmios promocionais ou descontos em compras pessoais de bens e serviços. Ainda, nenhum Funcionário poderá solicitar ou aceitar empréstimos de qualquer pessoa ou instituição financeira que possua, ou esteja buscando obter, negócios com a Berry; exceto se o empréstimo seja feito com taxas de juros praticadas normalmente com emprestadores individuais em situação similar. Funcionários não poderão utilizar-se de sua posição como Funcionários da Berry para obter ganhos pessoais. Acesse a Política de Presentes e Entretenimento no oneBerry, http://oneberrysites/cec/Policies/Gifts%20and%20Entertainment%20Policy.pdf.
 
As Leis Federais dos Estados Unidos da América proíbem a oferta, promessa, entrega de presentes ou qualquer item de valor a um funcionário, agente ou oficial do governo federal, se feito no intuito de influenciar este indivíduo em sua área de responsabilidade. Vários Estados e outras subdivisões governamentais possuem leis e regulações similares. Para evitar qualquer aparência de ilegalidade ou impropriedade, a Berry adotou a política de proibir a oferta de entretenimento, presentes, gratuidades e favores a quaisquer funcionários, agentes ou oficiais governamentais em âmbito federal, estadual e local. 
 
 
 
Na condução dos negócios, Funcionários poderão tomar ciência de informações privilegiadas sobre os negócios, operações ou títulos negociáveis da Berry Plastics, informações estas desconhecidas ao público, que poderiam razoavelmente influenciar a decisão de um investidor em comprar, vender ou manter títulos negociáveis. A lei de títulos negociáveis dos Estados Unidos da América proíbe a negociação de títulos com base em informações não disponibilizadas ao público (chamadas de “informações privilegiadas”). Funcionários estão proibidos de recomendar, “dar dicas” ou sugerir que qualquer um compre ou venda ações ou outros títulos da Empresa ou outras empresas com as quais Berry Plastics tenha relações significativas, com base em informações não disponibilizadas ao público.
 
Um Funcionário não poderá, sem informar anteriormente ao Comitê de Ética, adquirir títulos negociáveis ou unidades de propriedades de uma Pessoa de que saiba ser objeto ou estejam envolvidos em uma Transação Prospectiva. Cada Funcionário deve entender que esta atividade poderá ser vista como violação das leis de títulos negociáveis federal e estadual. Se um Funcionário possui autoridade para recomendar ou decidir se a Berry deve ou não realizar a Transação Prospectiva na qual teria interesse pessoal ou financeiro, tal Funcionário deverá prontamente notificar o Comitê de Ética deste interesse que possui.
 
Nenhum Funcionário deverá utilizar ou divulgar qualquer informação confidencial ou não disponibilizada ao público sobre intenções da Berry em adquirir, investir ou entrar em relações negociais com qualquer terceiro, exceto se para divulgar aos Funcionários da Berry que necessitem saber desta informação para desempenhar suas obrigações. Nenhum Funcionário poderá divulgar segredos de negócios, informações sobre produtos exclusivos, ou dados financeiros confidenciais da Berry para qualquer pessoa, exceto Funcionários autorizados, ou mediante determinação legal, independentemente se estas informações e dados forem resultado de seus deveres e responsabilidades, ou de outra forma.
 
Todas as Pessoas Abrangidas deverão respeitar a Política da Berry para Negociação de Títulos por sua Equipe, conforme as atualizações constantes postadas na intranet (http://oneberrysites/cec/Policies/Amended%20and%20Restated%20Securities_Trading_Policy_Statem ent%20(Final%208-4-14).pdf). Quaisquer questões específicas sobre a interpretação da Política deverão ser encaminhadas ao Conselho Geral da Berry.
 
Q: Sei de um negócio que Berry anunciará em breve. Contei a um amigo e ele comprou ações baseado nesta informação. Isso é considerado como informações privilegiadas?
 
R: Sim. As regras de informações privilegiadas se aplicam caso você compre ou venda uma ação ou caso você repasse informações a alguém que compre ou venda ações. Isto representaria uma violação da lei federal de títulos negociáveis e tanto você quanto seu amigo poderiam ser penalizados.
 
 
 
Um Funcionário não pode usar ou permitir que outros usem fundos, negócios e informações técnicas da Empresa (ou de terceiros que estejam sob a posse da Empresa), funcionários, dependências, materiais ou equipamentos da Berry para propósitos pessoais que não possuam relação ou não sejam em favor dos negócios da Berry, exceto se obtida aprovação prévia de um gerente (ou alguém designado por este) que seja responsável pela propriedade da Berry a ser utilizada. Todos os Funcionários deverão proteger tais recursos contra roubos, imprudência e desperdício, além de garantir seu uso eficiente.
 
 
 
 
 
O cumprimento deste Código é condição de empregabilidade da Empresa. A Berry utilizará medidas disciplinares, se necessárias, para fazer cumprir as disposições deste Código.
 
Funcionários que descumpram as disposições deste Código, que deixem de informar sobre violações deste, ou que não cooperem plenamente com qualquer investigação sobre supostas violações ao Código, estarão sujeitos à ação disciplinar adequada. Ações disciplinares incluem, mas não se limitam a, processos judiciais, restituição de qualquer valor obtido com a violação do Código, advertência oral ou verbal, período probatório, suspensão ou rescisão contratual, ou qualquer combinação destes, dependendo da gravidade da violação.
 
 
 
A Berry é comprometida em proporcionar um local de trabalho respeitoso e livre de qualquer forma de discriminação e assédio. O comprometimento da Empresa com relação à justiça e ao respeito mútuo impede a discriminação e assédio dos Funcionários, candidatos a Funcionários, fornecedores e clientes da Berry. A Berry espera que todas as relações entre os Funcionários ou pessoas realizando negócios em nome da Berry sejam profissionais e livres de preconceito e assédio.
 
Assédio (incluindo assédio sexual e assédio baseado em uma característica protegida legalmente) ocorre quando uma conduta indesejada cria um ambiente de trabalho hostil e ofensivo, ou quando funciona como fator em decisões de emprego ou progressão. A Berry não tolera e expressamente proíbe discriminação, atos de assédio, comentários, contato físico inapropriado, investidas sexuais ou qualquer conduta que seja intimidante ou, ainda, ofensiva ou hostil. Incidentes de assédio devem ser reportados imediatamente a um supervisor e/ou ao setor de Recursos Humanos, conforme descrito no Manual do Funcionário da Berry Plastics.
 
A Berry proíbe qualquer tentativa ou efetiva represália ou retaliação contra um Funcionário que levantar preocupações de que esta Política foi/tenha sido violada. A Empresa considera todas as alegações de discriminação, assédio e retaliação muito sérias e está comprometida em assegurar um local de trabalho livre de tais ações discriminatórias. Qualquer pessoa envolvida com discriminação, assédio ou retaliação será sujeita a ação disciplinar, incluindo rescisão contratual. Espera-se que os Funcionários sejam verdadeiros em suas reclamações e durante a participação nas investigações.
 
 
 
Todos os colaboradores da Empresa sem um contrato de trabalho terão uma relação de trabalho sem vínculo empregatício. Isso significa que o colaborador ou a Empresa poderão resilir a relação de trabalho a qualquer tempo, por qualquer ou nenhum motivo, com ou sem notificação. Ninguém, exceto um executivo autorizado da Empresa, tem poderes para concluir um contrato de trabalho, e este contrato deverá ser escrito e assinado por um executivo autorizado da Empresa e pelo funcionário. Nenhuma disposição deste Código altera a natureza da relação sem vínculo empregatício.
 
 
 
Berry Plastics Corporation acredita na proteção da privacidade de seus Funcionários. Quando a Empresa recolhe suas informações pessoais em nosso website, nós respeitamos os princípios de privacidade das Autoridades de Proteção de Dados da União Europeia e cooperamos com a estrutura de porto seguro entre EUA –UE, conforme estabelecido pelo Departamento de Comércio dos EUA, em relação ao recolhimento, uso e retenção de dados pessoais da União Europeia. 
 
Estas são nossas promessas aos funcionários:
 
1. Notificação.
Quando coletarmos suas informações pessoais, nós iremos notificá-lo devidamente e em tempo, descrevendo que informações pessoais coletamos, como elas serão utilizadas e com que terceiros poderemos vir a compartilhá-las.
 
2. Opções.
Nós lhe apresentaremos opções sobre as formas que usaremos e compartilharemos suas informações pessoais e respeitaremos as escolhas que você fizer.
 
3. Relevância.
Nós coletaremos somente a exata quantidade de informações pessoais que necessitarmos para propósitos específicos e identificáveis, e não iremos utilizá-las para outros fins sem obter o seu consentimento.
 
4. Retenção.
Nós reteremos as suas informações pessoais pelo tempo necessário para alcançar os propósitos pelos quais as coletamos, ou conforme for permitido por lei.
 
5. Precisão
Tomaremos medidas apropriadas para garantir que as informações pessoais que armazenamos estão corretas.
 
6. Consulta
Disponibilizaremos meios para que você acesse as suas informações pessoais para apontar incongruências, conforme requerido por lei.
 
7. Segurança.
Adotaremos as medidas físicas, técnicas e organizacionais adequadas para proteger as suas informações pessoais de perda, mau uso, acesso ou disponibilização não autorizada, alteração ou destruição.
 
8. Compartilhamento.
Exceto se descrito nesta Política, não compartilharemos suas informações pessoais com terceiros sem o seu consentimento.
 
9. Transferência Internacional.
Se transferirmos as suas informações pessoais para outro país, tomaremos as medidas adequadas para proteger a sua privacidade e as informações transferidas.
 
10. Implementação.
Realizaremos revisões regularmente para verificar se estamos alcançando nossas promessas quanto à privacidade e disponibilizaremos formas independentes para resolver reclamações sobre nossas práticas de privacidade.
 
Para acessar as suas informações, perguntar sobre nossas práticas de privacidade ou apresentar uma reclamação, por favor entre em contato com o representante local do departamento de Recursos Humanos. Se sua dúvida não for satisfatoriamente atendida, por favor contate o departamento Corporativo de Recursos Humanos de Berry Plastics. Se a sua situação ainda não tiver sido satisfatoriamente resolvida, contate o website das autoridades da União Europeia sobre Proteção de Dados.
 
 
 
México
Para Políticas de Privacidade relacionadas a nossas locações no México, acesse o website sobre Privacidade http://www.berryplastics.com/privacy
 
 
 
 
A Berry reconhece seu compromisso em proteger e, sempre que factível, aprimorar a qualidade do ambiente em que conduz seus negócios. Consequentemente, todos os Funcionários da Berry também são responsáveis por salvaguardar a qualidade do ambiente. É esperado dos Funcionários e agentes atuando em nome da Berry: (i) cumprir com as leis e regulamentos ambientais federais, estaduais e locais aplicáveis; (ii) conduzir os negócios da Berry de forma a proteger a qualidade do ambiente, considerando o impacto ambiental de decisões negociais; (iii) conservar energia utilizada na condução dos negócios; (iv) minimizar a criação de resíduos perigosos e garantir que o descarte seja feito através de métodos seguros e responsáveis; e (v) não expor os Funcionários e o público a substâncias tóxicas ou perigosas. Nenhum Funcionário ou agente de Berry deverá tomar parte, autorizar ou coordenar condutas em desacordo com as leis e regulamentos ambientais aplicáveis e com a política ambiental estabelecida neste documento.
 
 
 
A Berry Plastics está comprometida em promover um ambiente de trabalho livre de álcool e drogas. Nos esforçamos para manter a qualidade e integridade de nossos produtos, assim como nossa reputação na comunidade. Queremos colaborar com a melhora do bem-estar de nossos Funcionários e prestamos suporte para aqueles que voluntariamente buscam auxílio para livrar-se de vícios. Também queremos que nossos Funcionários possam trabalhar num ambiente seguro e produtivo. Reconhecemos que o abuso de drogas e/ou álcool representa uma ameaça aos nossos objetivos. Por isso, estabelecemos uma Política de Ambiente de Trabalho Livre de Álcool/Drogas, que equilibra nosso respeito pelos indivíduos com a necessidade de manter um ambiente livre de drogas e de álcool. Por favor, consulte o Manual do Funcionário para a Política de Ambiente de Trabalho Livre de Álcool/Drogas.
 
 
 
A Berry está comprometida em garantir um ambiente de trabalho seguro para seus Funcionários em suas dependências, livre de perigos reconhecíveis que causem ou possam causar danos físicos graves ou doenças.
 
Os Funcionários da gerência devem tomar todas as medidas necessárias para cooperar com todos os parâmetros, regras, regulamentos e ordens relacionadas à lei de Saúde e Segurança Ocupacional Norte-Americana de 1970 e qualquer outra relacionada, e requerer que todos os Funcionários sob sua supervisão também o façam. Os Funcionários devem conduzir suas atividades no ambiente de trabalho de forma a não colocar em risco o bem-estar e/ou saúde de si próprios, seus colegas ou visitantes das dependências. Os Funcionários devem reportar qualquer condição insegura e/ou insalubre, potenciais incidentes, ferimento ou doença que ocorram no ambiente de trabalho ou durante o expediente ao seu supervisor ou funcionário responsável por administrar os programas de saúde e segurança, ou ao departamento de Recursos Humanos, ou ao diretor da planta.
 
 
 
A Empresa acredita fortemente que todos os Funcionários devem ser tratados com dignidade e respeito. Atos de violência não serão tolerados. Qualquer situação potencialmente perigosa deverá ser imediatamente reportada ao supervisor ou ao departamento de Recursos Humanos para investigação completa. Será garantido sigilo de denúncias e incidentes e qualquer informação será divulgada apenas àqueles que necessariamente precisem tomar ciência.
 
Todas as partes envolvidas em um incidente serão aconselhadas e o resultado das investigações será discutido com estas. A Empresa intervirá de forma ativa diante de qualquer indício de potencial situação hostil ou violenta.
 
 
Abaixo alguns exemplos de condutas proibidas:
 
Induzir um Funcionário a utilizar violência física em outro Funcionário ou pessoa.
Causar danos físicos em outro Funcionário ou pessoa.
Comportamento agressivo ou hostil que indique ou efetivamente crie receio de dano a outro Funcionário ou pessoa, ou sujeitar outra pessoa a sofrimento emocional.
Nenhum funcionário está autorizado a manter posse, portar ou esconder um armamento nas dependências da Empresa, exceto se autorizado por lei local ou estadual.
 
 
 
 
A Berry está comprometida em manter seu papel de liderança na indústria e seus processos de aprimoramento contínuo. Cada Funcionário deve se esforçar para garantir que nossos produtos atinjam ou superem, de forma consistente, nossos parâmetros internos e os parâmetros de nossos clientes, assim como as leis e regulamentos de segurança aplicáveis e padrões industriais.
 
 
A Berry deverá manter-se competitiva na indústria através de foco contínuo no aprimoramento para melhorar a eficiência de negócios. Esforços devem incluir a satisfação de clientes através da redução de custos, redução no tempo de resposta e aprimoramento na qualidade de produtos. Todos os Funcionários devem relatar ao seu gerente questões e queixas relacionadas à qualidade ou desconformidades, para que estas questões relevantes possam ser atendidas.
 
 
 
 
As leis norte americanas anti-boicote proíbem a Berry e suas afiliadas estrangeiras de participar ou cooperar com boicotes estrangeiros não sancionados pelos Estados Unidos da América.
 
 
Como empresa global, Berry precisa cumprir com as leis de múltiplos países no que se refere à corrupção e pagamentos indevidos a indivíduos e funcionários do governo.
 
Por este motivo, os Funcionários devem cumprir com o teor e intuito da Lei sobre Práticas Corruptas Internacionais (Foreign Corrupt Practices Act), a Lei de Corrupção do Reino Unido (U.K. Bribery Act) e outras leis e regulamentos norte-americanos e internacionais que lidam com práticas negociais e relações internacionais, mesmo que pareçam inconsistentes com a realidade prática em outros países, ou que colocariam a Empresa em desvantagem competitiva.
 
Um Funcionário não deve oferecer nada de valor (por exemplo, presentes e/ou entretenimento) direta ou indiretamente para qualquer funcionário público, departamento ou agência governamental, exceto se tal presente, pagamento ou favor não possa ser razoavelmente entendido como “suborno, vantagens ou conluio”.
 
Os Funcionários devem buscar aconselhamento jurídico ao receberem qualquer solicitação de informações sobre boicotes ou movimentações de clientes localizadas em países sob boicote.
 
Os Funcionários devem respeitar os controles de importação e exportação relacionados aos negócios e produtos da Berry. Os Funcionários devem consultar o responsável por Compliance em assuntos internacionais quando conduzirem negócios com qualquer parceiro estrangeiro em potencial. Para outras informações, por favor contate o departamento jurídico ou acesse o website para Compliance em Assuntos Internacionais da Berry Plastics: http://extranet.berryplastics.com/xitc/default.aspx
 
Os Funcionários devem aplicar os padrões de controle financeiro, ética e conduta internacional da Berry mesmo em países estrangeiros em que a cultura ou as práticas locais possam indicar a aceitabilidade de padrões de conduta inferiores ou contraditórios.
 
 
O Diretor de Comunicação da Berry Plastics é o porta voz da empresa. Ninguém, exceto o Diretor de Comunicação, deverá se comunicar com a imprensa em nome da Berry Plastics Group, Inc. ou de qualquer setor da Berry, sem aprovação prévia deste, do Chefe de Recursos Humanos (EVP-HR) ou do CEO. 
 
Mídias sociais internas e externas e outros instrumentos tecnológicos estão sujeitos às mesmas regras que outras comunicações da Berry. Ao falar em nome da Empresa, os Funcionários devem ser profissionais, verdadeiros e precisos. Exceto se explicitamente autorizados a falar em nome da Berry, como reforçado acima, Funcionários devem deixar claro que suas opiniões são pessoais, bem como que não refletem as opiniões da Berry nem o seu posicionamento oficial sobre o tema. Quando solicitado pela legislação aplicável, Funcionários devem divulgar apropriadamente o seu vínculo com a Berry. Funcionários não devem divulgar informações confidenciais relacionadas a parceiros de negócios, vendedores ou clientes. Para informações adicionais sobre o uso de mídias sociais, faz-se referência ao Manual do Funcionário.
 
 
É parte da política da Berry manter um interesse contínuo em assuntos políticos e governamentais em âmbito local, estadual ou nacional, com foco nos temas que sejam de interesse da Empresa. A Berry continuará a desenvolver relações profissionais amigáveis com os representantes eleitos e funcionários do governo de forma que de tempos em tempos interesses mútuos poderão ser desenvolvidos, porém, a Empresa e seus Funcionários não devem tomar parte em nenhuma conduta que possa, ou aparentemente possa, influenciar de maneira indevida um membro do legislativo ou outro funcionário público no exercício de suas funções. Nenhum valor da Berry será usado para realizar contribuições ou gastos vinculados com qualquer eleição ou atividade política, exceto se consistente com a legislação aplicável e apropriada aos propósitos negociais. Tais contribuições ou gastos devem ser pré-aprovados pelo Diretor Financeiro (CFO) e pelo Conselho Geral.
 
Nós respeitamos o direito dos Funcionários de voluntariamente participar de processos políticos como indivíduos. Porém, devido a requisitos complexos, algumas diretrizes precisam ser seguidas antes que a Empresa ou seus representantes possam realizar contribuições políticas ou prestar suporte a candidatos ou partidos:
 
Funcionários devem sempre deixar claro que suas opiniões e ações são próprias e não da Empresa. Funcionários não poderão usar recursos da Empresa para dar suporte ao seu partido político, causa ou candidatos pessoais.
Antes de comprometer a Empresa a qualquer gasto político corporativo, inclusive doação de produtos, serviços, transporte ou dependências para políticos ou organizações políticas, precisa-se obter aprovação do Diretor Financeiro (CFO) e do Conselho Geral.
Possuir ou concorrer para um cargo público não poderá criar, ou aparentar criar, um conflito de interesse com os seus deveres.
Atividades de lobby ou contatos com o governo em nome da Empresa são estritamente regulados e deverão ser coordenados e aprovados previamente pelo Diretor Financeiro (CFO) e o Conselho Geral.
 
 
Nenhum Funcionário poderá usar ou divulgar qualquer informação que se refira aos negócios da Berry para qualquer pessoa ou outro Funcionário da Berry que não precise tomar ciência desta informação, se: (1) for inacessível ao público; e (2) uma pessoa razoável a considerasse importante para a conclusão de negócios ou para concorrer com a Berry, exceto se for um dever ou responsabilidade de um funcionário. A obrigação de manter confidencialidade de tais informações persiste mesmo após o término do contrato de trabalho.
 
 
A integridade dos registros financeiros, médicos e ocupacionais da Berry estão fundados na validade, precisão e completude das informações de base fornecidas aos registros da Empresa. Registros falsos, impróprios, fraudulentos, enganosos ou artificiais, exceto se por erro humano, não são permitidos independentemente de qualquer justificativa. Funcionários não podem acessar os registros da Berry, inclusive informações sobre outros Funcionários, exceto se isto for autorizado devido à sua função na Berry. 
 
A integridade da database de computadores da Berry está fundada na validade, precisão e completude dos registros feitos em cada database e dos programas e sistemas existentes no sistema. Registros falsos, impróprios, fraudulentos, enganosos ou artificiais ou manutenção e uso inadequado de programas e arquivos não são permitidos, independentemente de qualquer justificativa. Alterações aos programas, softwares ou hardwares de computadores (exceto se inerente à função do Funcionário), necessitam de aprovação prévia do responsável pelos sistemas de informação da Berry.
 
Para informações detalhadas quanto à manutenção de registros e responsabilidades dos Funcionários, veja a Política de Retenção e Destruição de Registros de Berry no QSI ou solicite uma cópia ao seu diretor.
 
 
A Empresa está comprometida em cooperar com as leis e regulamentos aplicáveis a qualquer requisito específico associado a transações com o governo.
 
 
Funcionários com responsabilidades relacionadas a compras devem garantir que as condutas de funcionários e fornecedores sejam consistentes com as políticas e procedimentos da Berry Plastics. Referentemente a esta responsabilidade, o pessoal de compras realizará treinamentos anuais sobre políticas e padrões éticos, regulatórios e de compliance. Procedimentos de operação padrão e instruções de trabalho serão mantidas e adotadas pelo departamento. A participação do pessoal de compras em qualquer evento de fornecedores deve ser consistente com a Política de Presentes e Entretenimento da Empresa, sendo que a participação ou aceite de presentes estarão sujeitos à aprovação prévia. Ademais, qualquer vale-presente ou presentes com valor equivalente em dinheiro, entregues aos Funcionários da área de compras são inaceitáveis e devem ser devolvidos à Diretoria do Departamento. Fornecedores devem aderir ao Código de Conduta de Fornecedores, que determina os requisitos de Ética e Responsabilidade Social, Trabalho e Direitos do Trabalho, Saúde e Segurança no Ambiente de Trabalho, Qualidade de Produtos e Aprimoramento Contínuo, e Práticas Negociais Globais.
 
 
 
Este Código será distribuído a todos os Funcionários, executivos e diretores de Berry e outros indivíduos designados pelo Comitê de Ética e/ou o Comitê de Auditorias. Espera-se de todos os Funcionários, executivos, diretores e outros indivíduos que receberem este Código, que o leiam e familiarizem-se com seu conteúdo, entendam e concordem em cumpri-lo. Funcionários recém contratados, recém promovidos ou transferidos serão apresentados ao Código e solicitados a dar ciência quanto ao seu teor no momento em que iniciarem sua relação de trabalho, ou sua nova posição, com a Empresa. De tempo em tempo, como forma de enfatizar o comprometimento de Berry com o Código, a Empresa poderá optar por redistribuí-lo para todos os Funcionários e solicitar um termo de ciência atualizado.
 
 
De tempos em tempos todos os diretores, executivos e outros Funcionários que o Comitê de Ética e/ou o Comitê de Auditoria venha a solicitar, deverão certificar anualmente sua cooperação (compliance) com o Código, através do preenchimento e devolução do Questionário aos funcionários sobre o Código de Ética Negocial de Berry.
 
Este processo de certificação será iniciado e coordenado pelo Comitê de Ética, pelo Departamento Jurídico e pelo Departamento de Recursos Humanos.
 
 
A Berry poderá alterar, complementar ou modificar este Código de tempos em tempos sem aviso prévio aos Funcionários. Cada alteração do Código, uma vez eficaz, será distribuída aos Funcionários designados para recebê-lo e será publicada no site de Berry.
 
 
Em algumas situações extraordinárias poderá ser concedida dispensa às previsões deste Código. Nenhuma dispensa ao Código será concedida a Funcionários sem prévia aprovação do CEO, do Vice-Presidente de Recursos Humanos e do Conselho Geral. Nenhuma dispensa ao Código será concedida a diretores ou executivos da Empresa sem prévia aprovação do Conselho de Diretores. Qualquer dispensa de previsão deste Código será prontamente divulgada da forma requerida pelas leis, regras e regulamentos aplicáveis.
 
 
Para informações adicionais, dúvidas, questionamentos e assistência: Funcionários sempre podem buscar auxílio com supervisores ou com os representantes locais de Recursos Humanos. Recursos adicionais incluem:
 
Manual do Funcionário: representante local de Recursos Humanos
Site de Ética Corporativa e Compliance no OneBerry: http://oneberrysites/cec
E-mail para Ética e Compliance: compliance@berryplastics.com
Conselheiro Geral Associativo – Corporativo, Ética e Compliance: Tammy Schmitt tammyschmitt@berryplastics.com
Conselheiro Geral: Jason Greene jasongreene@berryplastics.com
Hotline/Linha de Alerta: (888) 307-2815 http://berryplastics.alertline.com
 
 
Programa de ética e compliance
Instrução Alterada de Política de Comercialização de Títulos
Guia e Política Antitruste
Política de Aprovação de Despesas de Capital
Manual do Funcionário
Política de Presentes e Entretenimento
Política Global de Aquisição e Prestação de Contas
Código de Conduta de Fornecedores
Comunicação e Marketing
Política e Procedimentos de Doação de Produtos e Monetária
Política de Retenção e Destruição de Arquivos
Política de Uso e Privacidade do Website
 
Visite este link para ver estas Políticas:
 
http://oneberrysites/cec/Policies/Forms/Allitems.aspx
 

Topo

 

 

 

 

Última Atualização: 05/09/2016 Topo
Central de Resultados
Central de Resultados
Acesse aqui o histórico completo de todas as divulgações de resultados, em um ambiente único, organizado e fácil de consultar.
› Resultados do 4T15
DIVIDENDOS
Clique aqui para acompanhar o
pagamento dos dividendos.
MAILING RI
Receba alertas da Providência
e mantenha-se informado.
Providência © 2009. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade | Termos & Condições